Skip to main content

Tome Cuidado Com o Excesso de Proteínas!

Ao contrário do que se podia imaginar, reduzir o consumo de carboidratos não implica aumentar o consumo de proteínas.

 

Não é pra comer proteína o tempo todo!  

As proteínas são um componente essencial de qualquer dieta, a carne de alta qualidade também possui gorduras de alta qualidade.  

Mas proteínas adicionais não vão ajudá-lo a queimar mais gordura, desenvolver mais massa muscular ou ficar mais forte.  

Um consumo excessivo representa mais calorias do que o corpo  necessita, o que faz armazenar mais gorduras e aumentar o risco de morte precoce.  

Para garantir que obtenha a combinação adequada de diferentes proteínas, com sua respectiva composição de aminoácidos, você vai misturar os tipos de proteínas.

E o ovo será uma das fontes mais importantes de proteínas de alta qualidade.

 

 

Consumo diário de proteínas 

Quando uma pessoa consome mais proteína que o indicado, acontece uma hiperfiltração nos rins por conta do excesso de ureia, ou seja, os rins trabalham mais para excretar a ureia e isso pode, a longo prazo, causar sérios problemas de saúde. 
 
A recomendação é de 1,2 a 2,0 gramas de proteínas por quilo de peso/dia. Um homem de 70 quilos, por exemplo, pode consumir até 140 gramas de proteínas por dia.
Mas não é o que vemos por aí, muitas pessoas passam desse limite, achando que, quanto mais proteínas consumirem, mais músculos irão obter. 
 
Uma ideia completamente errada, o corpo não funciona assim. 
 
 

Alimentos ricos em proteínas 

Todos os tipos de carnes, peixes, ovos, leite, queijo e iogurte são fontes de proteínas de origem animal. 
Para pessoas vegetarianas temos alguns vegetais como ervilha, feijão e soja que também possuem uma quantidade significativa de proteínas. 
 
 
 
Dicas importantes:
– Invista em proteínas de boa qualidade como a do ovo, frango, porco, peixe e carne bovina;
– Evite os embutidos (salsicha, presunto, salame, hambúrguer, etc. ( Pois são ricos em sódio e conservantes)
– Beba muita água, para manter o corpo sempre hidratado e previnir a formação de cálculos renais.
 

Sintomas do excesso de proteínas 

Os sintomas do excesso de proteínas no organismo pode ser:
  • Pedra nos rins;
  • Problemas no fígado;
  • Aumento de peso 
  • Osteoporose, pois o excesso de proteínas pode causar aumento da excreção de cálcio;
  • Desenvolvimento da aterosclerose e de doenças cardíacas. 
 
Geralmente, pessoas que apresentam algum desses sintomas de excesso de proteínas, apresentam alguma predisposição genética ou usou algum suplemento de forma inapropriada. 

 

 

Conheça a Dieta de 21 dias!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *